11 de abril de 2020

É tempo de renascer!

Por Sandra Paro

A vitória de Cristo sobre a morte é para os cristãos o verdadeiro sentido da Páscoa! Renascer! Simboliza passagem, transformação. A pergunta é: por que a comemoração envolve coelhos e ovos?

Nem sempre lembramos de nos alegrar com o renascimento que a data celebra. Iludidos com o consumismo dos ovos de chocolate cada vez mais elaborados, com brindes, brinquedos nos levam a comportamentos tais que nos afastam do sentido real das datas comemorativas.
A celebração da chegada da primavera na cultura germânica mostra-nos em registros dos séculos XVIII e XIX, o mesmo coelho (lebre) e o ovo como símbolos de fertilidade e de uma nova vida

.
O Sol também ganha importância nesse contexto pois, para os alemães – “Ostern” vem do antigo culto do sol, ou “Osten” – onde nasce o sol, já que ele que desperta a natureza, derrete o inverno e faz brotar a vida. A primavera e a fertilidade dos costumes alemães deram sentido à Páscoa e esses hábitos perduram até hoje.

Os ovos representam a fertilidade, é comum as crianças procurarem ovos deixados nos jardins. Os agricultores os enterravam para obterem uma boa colheita. Cozidos e coloridos espalhados, representando a fertilidade e uma nova vida. É natural que o Cristianismo tenha adaptado essa celebração do advento da primavera convertendo-a na passagem do Cristo ressuscitado, de renascimento e renovação.

Além de ovos cozidos, os de açúcar e mais tarde de chocolate serviam de presentes para as crianças e de tecido para os adultos, também para representar o reviver, o reverdecer.

O chocolate passou a ser recheio de ovos ocos (sem gema, ou clara) quando os confeiteiros franceses iniciaram esse processo para estimular as vendas, depois de recheados, eram pintados e vendidos para manter a tradição da busca das crianças.

O papel da lebre é similar ao do Papai Noel, a lebre traz e esconde os ovinhos que as crianças procuram. Sua simbologia também está ligada à fertilidade, ao nascimento.

E assim a Páscoa se mantém como uma tradição de renascimento também no Brasil e no mundo, em todos os países cristãos, onde é celebrado o Cristo ressuscitado.

É talvez esse o melhor momento para a humanidade refletir sobre o sentido das comemorações, em especial sobre a passagem, a transformação. Feliz Renascer!

Compartilhar

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário

Sobre o(a) autor(a)
Sandra Paro

Sandra Paro

Sandra Paro é mãe, professora, estudiosa, idealizadora da ABA+, analista do comportamento, consultora de recursos terapêuticos, corajosa, disciplinada e ensaísta para o ABA+
Produtos em destaque
Últimos artigos adicionados